segunda-feira, 10 de agosto de 2009

Reality Show na Coreia do Norte


A primeira série dum novo formato de reality show, misto de Survivor com Big Brother, foi estreado com grande sucesso na Coreia do Norte. Numa co-produção do Partido Democrata dos EUA e do Partido dos Trabalhadores da Coreia, começou em Março deste ano com a entrada nesse país de duas jornalistas americanas, da Current TV do Al Gore, e terminou no passado dia 5 de Agosto com uma retumbante vitória de Kim Jong Il.
Nem a entrada no show, já no seu final, dum concorrente de peso, o Bill Clinton, que acabou remetido para o segundo lugar, permitiu roubar o merecido triunfo ao Querido Líder.
O magnífico primeiro prémio que ganhou compreende, entre diversos outros brindes de menor importância, negociações bilaterais com os EUA sobre armas nucleares e a garantia de poder sossegadamente legar o país e o regime ao seu filho e sucessor, dando assim continuidade a um interessante estalinismo dinástico.
Para o Bill Clinton apenas ficou o prémio de consolação: o regresso aos EUA com as duas jornalistas/figurantes, a bordo dum Boeing 737 da Shangri-La Entertainment, fornecido pelo produtor de Hollywood Steve Bing.
Tudo portanto, e muito adequadamente, em registo de showbiz.
Aqui fica, para a posteridade, a foto dos dois finalistas.



(AP Photo/ Korean Central News Agency via Korean News Agency)

Sem comentários: